sexta-feira, 26 de julho de 2019

Reutilização de Troncos

08-09-2012

Em traços gerais, um tronco é o caule lenhoso das árvores. Este caracteriza-se por ser resistente, cilíndrico ou cónico, ramificado e também mais largo na base que no topo.

Um tronco pode ter muitas utilidades para além do fornecimento de calor ou cinza, quando colocado a queimar na lareira. 
Se não sabemos o que fazer a um tronco ou aos ramo basta ter presente que estes são matéria orgânica, logo à medida que se decompões vão enriquecendo o solo... depois é usar a imaginação para obtermos aquilo que precisamos!


Assim, os troncos e ramos podem ser:
- Esconderijos ou sombras para animais
Badoca Safari Park 06-10-2012
14-02-1013
27-03-2013

Badoca Safari Park 06-10-2012

- Vasos
08-11-2012
16-03-2012
15-12-2012

- Proteções para plantas
13-05-2012
08-09-2012
19-05-2013
06-03-2013

- Delimitação de canteiros ou caminhos
Cidade de Lisboa 29-06-2013
Quintinha de Monserrate 21-07-2013
Quintinha de Monserrate 21-07-2013
Quintinha de Monserrate 21-07-2013

- Esculturas e tótemes
Badoca Safari Park 06-10-2012
Quintinha de Monserrate 21-07-2013
Badoca Safari Park 06-10-2012

- Brinquedos para animais com cortiça e/ou pinhas
Badoca Safari Park 06-10-2012
Badoca Safari Park 06-10-2012


- Ou ainda... tudo o que conseguirmos criar!!
Salinas Rio Maior 15-08-2012
daqui
Jardim Campo Grande 23-02-2013

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Residentes: Porcos anões


09-08-2011
26-06-2019
Reino: Animalia 
Filo: Chordata 
Classe: Mammalia 
Ordem: Artiodactyla 
Família: Suidae 
Nome científico: Sus domesticus 
Sinonímia: Sus domestica, Sus scrofa domesticus, Sus scrofa domestica 
Nomes comuns:  Porco-anão, Porco-vietnamita, Porco-do-Vietname, Mini-porco, Mini-pig, Porquinho-de-estimação, Porco-barrigudo, Pot-bellied pig (em inglês) 

Com a mesma designação científica do porco doméstico (já falado aqui), o porco-anão distingue-se praticamente só pelo tamanho e por ser apreciado como animal de estimação.  Se um porco típico pode atingir 300 kg, o porco-anão pesa em média 30 kg e alcança 40 centímetros. 
07-01-2012
26-06-2019

Com o tempo, desenvolve uma grande barriga característica que descai e arrasta pelo chão. 
Como animal inteligente que é pode ser treinado a andar de coleira e a fazer as suas necessidades em locais específicos como nas caixas usadas por gatos ou então num lugar no quintal. 
Possui pelos curtos e pode ser preto, rosado, branco ou malhado.  
14-08-2018
26-06-2019
26-06-2019

Os porcos-anões são também omnívoros, mas a sua alimentação deve ser reforçada em legumes, frutas e grãos. Como costumam engordar facilmente, pois tendem a ser gulosos, devemos evitar oferecer-lhes rações processadas destinadas aos porcos comuns. É muito importante a oferta diária de água limpa e fresca.  
Precisam de espaço e ar livre para que possam fazer exercício físico. 

31-03-2017
14-05-2017
Este é um animal robusto e com boa resistência a doenças e parasitas, contudo é importante a sua vermifugação. 
Ao contrário do que se costuma pensar, o porco-anão (tal como o porco comum) não cheira mal e não entra em contacto com os seus excrementos, pois quando define o espaço da sua “casa de banho” escolhe o local oposto para comer e dormir. 

26-07-2011
19-01-2017
O porco-anão torna-se fértil aos seis meses de idade, geralmente muito antes de estar completamente maduro fisicamente, o que só acontece por volta dos seis anos de idade. 

Curiosidades: Os porcos-anões também possuem um olfato apurado para procurarem trufas e raízes no solo, devido a essa característica são treinados, em alguns países, para detectar explosivos e drogas;
05-06-2017
Têm uma expectativa média de vida no estado selvagem de 10 anos e como animal de estimação de 15 a 20 anos; Os porcos-anões são da mesma espécie que os porcos-comuns e os javalis, logo pode haver cruzamentos entre eles; Há um estudo de 2004 que revelou uma diversidade genética extrema nos porcos-vietnamitas, mesmo no Vietname (país de origem), sendo assim difícil encontrar esta raça pura;   O porco-anão de Göttinger foi desenvolvido por cientistas especificamente para uso em pesquisa biomédica; Na década de 1980, os porcos-anões começaram a ser comercializados nos Estados Unidos como animal de estimação. 

quarta-feira, 19 de junho de 2019

Maracujá azul

30-05-2013

Nome científico: Passiflora caerulea
Nomes comuns: Maracujá-azul, Flor-da-paixão, Martírios-de-Cristo, Maracujá-da-polpa-vermelha
Família: Passifloraceae
Origem: América do Sul

15-10-2013
13-07-2015
O maracujá-azul é uma trepadeira lenhosa com um ciclo de vida perene. Se a planta encontrar um apoio/tutor é capaz de atingir 15-20 metros de altura. As suas folhas apresentam uma coloração verde-escura, são simples, alternadas e profundamente lobadas. Nas axilas apresenta estípulas e gavinhas (órgãos que ajudam a planta a fixar-se enquanto trepa). As suas flores são brancas e azuis-violeta e são muito decorativas. Estas dão lugar a frutos amarelo-alaranjados, ovais, carnudos, de polpa avermelhada e repleta de sementes.

16-10-2013
Utilizações: O maracujá-azul é uma planta muito usada nos jardins como trepadeira ornamental, devido às suas bonitas flores. Como cresce rapidamente é, ainda, usada para cobrir muros e sebes. Devemos ter em atenção que se encontrar as condições ideias pode tornar-se invasiva.
16-10-2013
30-05-2013
Os seus frutos maduros, apesar de comestíveis, não são muito apreciados, pois são insípidos, sem qualquer aroma e com sementes duras. Contudo, podem ser consumidos crus, transformados numa bebida refrescante ou em cremes e mousses. A forma para termos a certeza que os frutos estão maduros e aptos a serem consumidos é esperar que caiam da planta.
Atrai animais auxiliares, pois as abelhas e outros insetos alimentam-se do pólen das suas flores e as aves consomem avidamente os seus frutos maduros, favorecendo a dispersão das suas sementes. 
Esta planta, como é das mais resistentes do seu género, pode ser usada como porta-enxerto para alguns membros menos resistentes ao inverno, como o maracujá-roxo (Passiflora edulis).

Cultivo: É uma planta robusta que se adapta a quase todo o tipo de solo, desde que bem drenados. Deve ser plantada em pleno sol, mas suporta zonas parcialmente à sombra. Necessita de uma rega moderada durante os meses mais quentes de verão. Muito resistente ao frio durante o inverno, pode perder as suas folhas devido aos ventos fortes e às geadas, mas se estiver estabelecida rebentará na primavera seguinte. Pode ser podada no final do inverno. Multiplica-se a por semente ou divisão da planta.
08-06-2017
05-07-2016
08-06-2017

Curiosidades: São conhecidas cerca de 600 espécies diferentes de Passiflora; O nome da espécie, caerulea, deriva do latim e significa azul devido à coloração azul dos estames das suas flores; O nome comum flor-da-paixão (passion fruit em inglês e fruit de la passion em francês) foi atribuído por missionários ao verem a flor durante as festividades da Páscoa, associando-a à paixão de Cristo; Há algumas indicações que esta planta só frutifica se tiver por perto outras espécies do mesmo género; Devemos ter em atenção a toxicidade da planta (desde as folhas às raízes), assim como do seu fruto em verde, pois só a planta Passiflora incarnata é usada para fins medicinais.
08-06-2019
08-07-2015
25-06-2015

Nota: 1º atualização; Original de 22.10.2013
loading...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...