segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Yacon

04-01-2017

Nome científico: Smallanthus sonchifolius
Sinonímia: Polymnia edulis, Polymnia sonchifolia
Nomes comuns: Yacon, Batata-yacon, “Batata dos diabéticos”
Família: Asteraceae (Compositae)
Origem: Cordilheira dos Andes

26-08-2015
O yacon é uma planta semi-arbustiva perene com raízes tuberosas e que chega a medir entre 1m a 2m de altura. A planta produz dois tipos de raízes suculentas: as de propagação e as de reserva de alimento (estas têm polpa com sabor agradável e podem pesar 1kg). As suas discretas flores aparecem no final da época de crescimento e são pequenas, amarelas ou laranjas.

Propriedades e utilizações: O yacon é conhecido devido às suas propriedades nutricionais, sendo cada vez mais usado como prebiótico, antioxidante e adoçante. 
10-12-2015
Apresenta elevado teor de água, poucas calorias e, ao contrário da maioria das espécies tuberosas, armazena reservas, não na forma de amido, mas de açúcares como a inulina (tipo de açúcar não absorvido pelo organismo). Por isso, as suas raízes podem ser consumidas e utilizadas para melhoria da flora intestinal, na redução do colesterol e no controlo do diabetes.
31-05-2016
A batata yacon possui uma textura crocante, pode ser consumida crua descascada como uma fruta ou em saladas. Pode ser usada como adoçante natural em batidos, barras energéticas, bolos, biscoitos e sobremesas. Pode, ainda, ser cozida e entrar na preparação das refeições como uma batata comum, mas devemos preferir o seu consumido ao natural.
10-06-2016
Das folhas da planta são preparadas infusões, sendo especialmente recomendadas para controlar os níveis de glicose no sangue. Contudo devemos ter em atenção que um estudo recente desaconselha a sua utilização.
Para se conservar, o yacon deve ser guardado em local fresco e húmido. Por exemplo, no frigorífico, mas envolto em filme plástico ou de alumínio, para evitar desidratação. Em alternativa, embrulhado em papel de jornal e guardado num recipiente, tapado, e cheio de areia ligeiramente húmida.

Cultivo: Prefere solos ricos, bem drenados e com boa exposição solar. Aprecia regas regular de forma a manter o solo sempre húmido, sem que fique encharcado. Prefere temperaturas entre 10°C e 26°C. Multiplica-se preferencialmente a partir de pedaços de rizoma que devem ser plantados no solo a cerca de 5 cm de profundidade. Em Portugal pode ser cultivado como cultura de verão em estufa ou ao ar livre a partir da primavera. Devendo ser recolhido antes das geadas chegarem.

10-10-2016
03-11-2016
29-11-2016

Curiosidades: O nome do género Smallanthus foi dado em homenagem ao botânico americano John Kunkel Small (1869-1938) com o sufixo anthus ("flor"); O nome da espécie sonchifolius significa "com as folhas parecidas às do género Sonchus” (caso da serralha e do dente-de-leão); O yacon foi amplamente utilizado e conhecido no Império Inca; Tradicionalmente as suas raízes eram usadas para saciar a sede, pois de acordo com alguns autores os mensageiros da época dos Incas transportavam-nas para satisfazer as suas necessidades de água; Pela internet é descrito da seguinte forma: "parente distante do girassol, com aparência de batata-doce, textura e sabor semelhantes aos da pera”.

8 comentários:

  1. Esta maravilhosa batata devia estar disponível aqui em Portugal onde existem cada vez mais diabéticos.
    Será que alguém sabe informar ONDE AQUI EM PORTUGAL SE PODE CONSEGUIR ESTA PRECIOSA BATATA?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Emilia,
      Já se começa a ver mais por Portugal, especialmente em locais com produtos naturais ou biológicos...
      Um abraço

      Eliminar
  2. .
    Boas;

    Eu também já fiz algumas pesquisas e acho esta raiz cada vez mais interessante.

    « Multiplica-se preferencialmente a partir de pedaços de rizoma que devem ser plantados no solo a cerca de 5 cm de profundidade. »

    TEM CONSEGUIDO BONS RESULTADOS COM ESTA TECNICA DE PROPAGAÇÃO???

    Cumps.
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá caro Anónimo,
      O yacon tem dois tipos de "batatas": os tubérculos que são as partes que comemos e os rizomas que são a sua forma de se propagar. Com estes últimos temos tido bons resultados.
      Parece que através de estacas também se consegue multiplicar esta planta, mas ainda não experimentamos.
      Esperamos ter ajudado.
      Um abraço

      Eliminar
  3. Faroleiro do Faroleco, eu cultivo uma hortinha comunitária em Carcavelos e gostava de lá pôr um ou dois Yacon. Será que me pode vender um ou dois propágulos do dito.

    Se sim, como fazer?

    Um até breve. Anabela Campos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Anabela,
      Até fazíamos uma troca, mas neste momento não temos disponibilidade para ir à nossa horta!
      Um abraço

      Eliminar
  4. Bom dia. Esperava uma resposta sua, mas nada. Diga-me ao menos onde consigo arranjar os propágulos ou rizomas. Desde já obrigada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Aspásia,
      Como deve perceber nem sempre temos disponibilidade para nos dedicarmos às coisas que mais gostamos... Bem que gostaríamos, pois as nossas plantas, animais e blog dão-nos muitas alegrias, mas são só o nosso hobby! Espero que compreenda, pois respondemos e partilhamos com muito prazer desde que para isso tenhamos tempo!
      Um abraço e seja sempre bem-vinda

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...