quinta-feira, 17 de julho de 2014

Gladíolo

13-06-2014

Nome científico: Gladiolus spp.
Nome comum: Gladíolos
Família: Iridaceae.
Origem: Ásia, África, Europa Mediterrânea
             
30-03-2013
O gladíolo é uma planta herbácea bolbosa (apesar de não crescer a partir de verdadeiros bolbos, pois ao seu órgão subterrâneo de reservas dá-se o nome de cormo). Esta planta tem um ciclo de vida perene, embora perca a parte aérea após a floração. Apresenta um porte ereto e uma altura entre os 50-180cm. 
As suas folhas são lanceoladas, eretas, longas, dispostas em leque a partir da base e com numerosas nervuras paralelas. As suas flores estão reunidas em espiga, sustentadas por uma haste comprida e rígida, abertas a partir da base, implantadas umas de cada lado da espiga. São em forma de funil e apresentam várias cores desde o branco, vermelho, rosa, amarelo, laranja, podendo ser bicolores ou apresentar manchas e pintas nas pétalas inferiores.
Os gladíolos utilizam-se em canteiros ou vasos e são adequados para maciços. São muito apreciados como flor de corte, visto que a durabilidade média das suas flores pode ser de quinze dias.
09-04-2014
16-06-2014
13-06-2014

Cultivo: Esta planta deve ser plantada no final do inverno ou início da primavera, preferencialmente em pleno sol, apesar de tolerar a meia-sombra. Adapta-se a vários tipos de solo, no entanto prefere solos leves, bem drenados e ricos em húmus. Os cormos devem ser plantados a cerca de 8-10cm de profundidade e a uma distância entre si de 8-15cm. Quando a planta começa a nascer devemos-lhe amontoar o pé e podemos-lhe colocar tutores para posteriormente manter as hastes direitas.
19-06-2014
22-06-2014
05-08-2013
Os gladíolos apreciam regas moderadas e devemos manter o solo sempre húmido (mas não alagado) quando a haste da flor aparece para que consiga florescer. São sensíveis às geadas. Após a floração podemos cortar as espigas com as flores secas e colocar algum mulching para proteger os cormos durante o inverno ou podemos retirá-los do solo e guardá-los em sacos de papel num local seco, fresco e escuro. A multiplicação dá-se pela divisão dos cormos que aparecem junto do principal.

13-06-2014
22-06-2014
Curiosidades: O género Gladiolus inclui cerca de 180 espécies e mais de 10 000 variedades; Existem gladíolos com uma vasta gama de cores, pois foram extensivamente hibridados a partir de muitas variedades; O nome Gladiolus em latim referia-se ao diminutivo de gládio, ou seja, uma espada; Um nome mais antigo para os gladíolos foi xiphium que tinha origem na palavra grega xiphos que também significava espada.

7 comentários:

  1. É uma bela espécie , e com tantas florações e cores diferentes
    de se encantar.
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Simone,
      Quase que há gladíolos com todas as cores possíveis e imagináveis! :)

      Eliminar
  2. Amei conhecer o seu blog, já fiquei por aqui!!!Achei maravilhoso!!!Visite-me:http://algodaotaodoce.blogspot.com.br/
    Siga-me e pegue o meu selinho!!!

    Obrigada.

    Beijos Marie.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Marie,
      Agradecemos as simpáticas palavras e seja sempre bem-vinda!

      Um abraço

      Eliminar
  3. Olá amiga,vim retribuir sua carinhosa visita ao meu cantinho.
    Fiquei feliz por seguir-me!!!
    Obrigada,volte sempre e pegue o meu selinho de agradecimento!

    Beijos Marie.
    _________________

    ResponderEliminar
  4. Para que servem aquelas bolas que sucedem às flores? São sementes? São comestíveis? São medicinais?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Anónimo,
      Sim, parece que se refere às sementes (que podem não ser viáveis ou demorar demasiado tempo a germinar)!
      Em relação às suas propriedades, nós desconhecemos quaisquer propriedades comestíveis ou medicinais.
      Um abraço

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...