quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Visitantes: Tritão-marmorado

17-11-2012
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Amphibia
Ordem: Caudata
Família: Salamandridae
Nome científico: Triturus marmoratus
Nomes comuns: Tritão-marmorado, tritão-marmoreado, tritão-verde

Mais uma vez, só com a ajuda de Anfibios & Répteis de Portugal consegui identificar este visitante.... e o que me foi dito despertou logo todo o meu interesse sobre este anfíbio: “É um macho de Tritão-marmorado. Estes bichos são espectaculares! Só uma curiosidade: os machos desenvolvem uma crista (que lhes facilita a natação e tem também funções na corte nupcial) durante o período reprodutor que volta a regredir assim que este período termina e volta a regenerar no ano seguinte e assim consecutivamente! É impressionante! Neste individuo da fotografia pode-se ver já a crista a começar a formar-se!”
17-11-2012
02-12-2012
17-11-2012
O tritão-marmorado é um anfíbio de pele granulosa. Apresenta uma coloração verde, com manchas pretas de tamanho, forma e distribuição variável. O ventre pode ter tonalidades cinza, branca ou creme. Os seus olhos são proeminentes e colocados em posição lateral. Possui uma cauda achatada lateralmente. Os machos adultos têm uma risca branca ou bege na cauda e apresentam uma crista dorsal durante a época de reprodução.
Pode ser encontrado em Portugal e, embora seja uma espécie comum, o uso intensivo de pesticidas e a subsequente contaminação dos charcos, lagoas ou poços pode ameaçar algumas populações. 
17-11-2012
Tem hábitos geralmente terrestres, ficando mais ligado à água na estação reprodutiva. O acasalamento ocorre na água, onde, uns dias depois, a fêmea deposita 150 a 400 ovos, normalmente fixos a uma planta aquática. São animais difíceis de encontrar, pois escondem em rochas, debaixo de troncos caídos ou outros locais húmido durante o dia. Isto porque, a sua atividade é principalmente noturna.
É uma espécie insectívora, alimentando-se de larvas de insetos aquáticos, minhocas, lesmas, caracóis e, em alguns casos, de larvas de anfíbios (mais pequenos). Quando são girinos alimentam-se de larvas de pequenos insetos aquáticos e de crustáceos.

02-12-2012
Curiosidades: O tritão-marmorado é um urodelo, ou seja, um anfíbio que no estado adulto apresenta cauda; Evidencia movimentos ágeis dentro de água, mas é um animal lento e desajeitado em terra; Alguns estudos revelaram que os tritões-marmoreados usam as estrelas para se orientarem a caminho dos locais de reprodução; 
02-12-2012
A fêmea dobra a folha onde depositou os ovos de modo a escondê-los de predadores; Ultrapassa os 10 anos na Natureza; Em Portugal, podemos encontrar duas subespécies, Triturus marmoratus pygmaeus a sul do rio Tejo e Triturus marmoratus marmoratus a norte do rio Tejo. No entanto, alguns autores consideram-nas espécies diferentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...