quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Vinca de Madagáscar

03-10-2012
Nome científico: Catharanthus roseus
Sinonímia: Vinca rosea, Ammocallis rosea
Nomes comuns: Vinca de Madagáscar, Maria Sem Vergonha, Vinca
Família: Apocynaceae
Origem: Madagáscar

A Vinca de Madagáscar é uma planta herbácea ou subarbustiva perene, muito rústica e pouco exigente. Tem folhas ovais, brilhantes e verde-escuras. As suas flores, que se renovam continuamente desde o verão até ao fim do outono, são compostas por cinco pétalas que se unem junto ao centro, são simples e podem ser brancas, rosa, vermelhas ou roxas, sempre com o centro numa tonalidade diferente (normalmente, mais escuro). 
É uma planta geralmente usada nas decorações de jardins, em maciços, em vasos ou em bordaduras.

03-10-2012
28-12-2011
Cultivo: A Vinca deve ser cultivada a pleno sol, em solo fértil e com regas regulares. Embora seja resistente à seca, as regas moderadas vão torná-la muito mais vistosa. Multiplica-se por sementes ou mudas que se formam nas proximidades da planta mãe.

Curiosidades: Ao que parece e apesar de não ser uma planta medicinal muito reconhecida, um estudo científico  identificou-a como tendo propriedades medicinais; A planta tem a sua flor adaptada à polinização por insetos (por exemplo, borboletas), no entanto é também capaz de autopolinizar-se e as suas sementes já foram vistas a serem distribuídas por formigas.
03-10-2012
Nota: 1.ª atualização

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...