sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Tomilho

30-04-2011
Nome científico: Thymus vulgaris L. 
Nomes populares: Tomilho, Timo, Poejo (mas não o devemos confundir com o poejo Mentha pulegium).
Família: Lamiaceae 
Origem: Mediterrâneo

O Tomilho é uma planta perene, subarbustiva de pequeno porte, com ramos lenhificados na base. Existem diversas variedades do Tomilho que cresce abundantemente, mesmo nos espaços mais reduzidos. Tem um sabor e aroma irresistível. As suas flores pequenas são muito apreciadas pelas abelhas.
É uma erva aromática, condimentar e medicinal, de folhas comestíveis. Podendo, ainda ser utilizada como repelente de mosquitos.
Para conservar as folhas de tomilho devem-se secar os raminhos embrulhados com um papel e pendura-los de “cabeça para baixo” num local escuro e seco durante aproximadamente 10 dias para secar. Depois devem-se guardar num recipiente hermético e opaco.  

Cultivo: O Tomilho não se adapta bem a solos argilosos ou demasiados húmidos. Gosta de bastante sol e pouca água. 

Curiosidades: O seu nome deriva do grego “thymus” que significa “coragem”; Na Roma antiga, os soldados banhavam-se com Tomilho para adquirirem coragem; Nos templos da Grécia antiga era usado como incenso e representava o símbolo de graça e elegância; Fazia parte da lista de ingredientes usados pelos Egípcios para embalsamar e mumificar os corpos;  Antes da existência de frigoríficos o Tomilho era usado para a melhor conservação dos alimentos. 

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...