sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Petasites


07-02-2017
Nome científico: Petasites fragrans
Sinonímias: Nardosmia fragrans, Petasites pyrenaicus, Tussilago fragrans, Tussilago pyrenaica
Nomes comuns: Petasites, Sombreiro, Erva-de-São-Quirino
Família: Asteraceae (ou Compositae)
Origem:Itália e norte de África
07-02-2017

A planta conhecida como petasites é uma herbácea com uma forma arredondada e um ciclo de vida perene. Pode alcançar entre 20 a 40 cm de altura. Algumas das suas hastes são rizomas. Possui folhas verdes, basais, redondas e largas. É uma planta dioica, mas o formato das inflorescências femininas e masculinas é quase idêntico. 
07-02-2017
As suas flores branco-rosadas estão reunidas em capítulos e exalam uma fragrância suave que faz lembrar a baunilha. O seu fruto é um cipsela.

Em Portugal, foi introduzida como planta ornamental, mas encontra-se naturalizada em várias províncias. Aprecia locais sombrios e húmidos.
Há indicações que devemos controlar a sua propagação, pois esta planta tem tendência a espalhar-se facilmente através dos seus rizomas.

Propriedades e utilizações: Nos jardins, é uma planta apreciada devido à sua floração invernal e à folhagem verde durante o verão.
07-02-2017
07-02-2017
Embora possa ser uma boa planta de cobertura do solo, é infelizmente muito invasora.
Quando plantada perto de colmeias, as suas flores podem ser uma fonte de néctar para abelhas e para outros insetos durante o inverno.
Alguns autores afirmam que esta planta possui propriedades medicinais e que o seu óleo essencial é utilizado. Contudo as informações recolhidas sobre estas utilizações são escassas e pouco conclusivas.

Curiosidades: O nome do género Petasites deriva da palavra grega petasos que se refere a um "chapéu com aba", isto devido às grandes folhas da planta; O nome da espécie, fragrans, significa "perfumado".

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...