quarta-feira, 25 de março de 2015

Os perigos do Glifosato (Roundup)


Apesar de todos os alertas sobre os perigos do Roundup (o herbicida à base de glifosato da Monsanto), onde há fortes evidências de estar relacionado com mais de 25 doenças nos humanos...  
Apesar de alguns países (como, por exemplo, a Holanda) já terem banido por completo este herbicida, defendendo assim a saúde dos seus cidadãos e o ambiente... 
... é estranho continuar a ver publicidade do produto a passar na televisão e ouvir comentários favoráveis à sua utilização!

Monsanto: 25 doenças que podem ser causadas pelo agrotóxico glifosato
Cientistas descobriram que pessoas doentes tinham maiores níveis de glifosato no seu corpo do que as pessoas sadias.”  Ver artigo completo aqui.

"Herbicida mais vendido em Portugal pode causar cancro: A Organização Mundial de Saúde, através da sua estrutura especializada IARC – Agência Internacional para a Investigação sobre o Cancro – sediada em França, declarou o glifosato (junto com outros pesticidas organofosforados) como “carcinogénio provável para o ser humano”. " Ver artigo completo aqui.

Como funciona o Roundup:

(Tradução de Manuela Araújo do blog Sustentabilidade é Acção)

6 comentários:

  1. É um veneno muito forte,tenho visto a aplicação por aqui
    que mesmo sem sol as ervas daninhas queimam totalmente,
    além de fazer mal ao ser humano, ainda contamina lençois
    freaticos, que indiretamente o ser humano sofrerá também.


    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Simone,
      Tudo indica que seja mesmo um veneno! Basta percebermos a forma como funciona e mata as plantas!
      E depois de usado nada nos garante que desaparece... o mais provável é que se espalhe, por exemplo, através da chuva e contamine toda a Natureza.
      Um abraço

      Eliminar
  2. Também não consigo compreender o uso de herbicidas junto das casas, das hortas e dos jardins das pessoas. Já reclamei junto da Junta de Freguesia para se acabar com esta pouca vergonha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade! Também não conseguimos compreender, pois esta forma é das que expões mais as populações: " É também usado [o glifosato], com abundância, por quase todas as autarquias para limpeza de arruamentos (uma das vias importantes de exposição das populações, segundo a IARC). [Em 2014], a Plataforma Transgénicos Fora desafiou as autarquias a aderir à iniciativa “Autarquias Sem Glifosato” mas até agora apenas oito freguesias e quatro câmaras assumiram formalmente esse compromisso”. (artigo Green Savers).

      Eliminar
  3. Caros.

    Fora da aplicação agrícola, os herbicidas são frequentemente usados para limpeza de beiras de rodovias e estradas e em outras situações onde as ervas daninhas têm que ser controladas. Estas aplicações são cercadas de cuidados, porque o herbicida (qualquer que seja ele) é perigoso para a saúde.
    O glifosato, em particular, afeta uma via bioquímica que só existe em plantas, Por isso (e por causa de um monte de experimentos para avaliar sua toxidez) as pessoas acreditavam que ele não era muito perigoso. A publicação deste novo relatório lança dúvidas sobre isso, mas está muito longe de ser uma certeza: vai ser preciso fazer mais um monte de experimentos antes de ter a palavra final.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva,

      Pelo seu comentário dá para perceber que não conhecemos a mesma realidade em relação à utilização dos herbicidas fora da aplicação agrícola, pois na zona de Portugal onde vivemos vemos a sua aplicação ser feita sem grandes cuidados: funcionários sem qualquer proteção, é usado mesmo até à porta das pessoas o que, por vezes, inclui hortas e jardins (já sem falar da sua aplicação em dias de vento), animais que morrem por comer umas ervinhas "por culpa" dos donos que não vêem antecipadamente o edital (único sítio onde se informa que se vai usar o herbicida)...
      E sabe, com certeza, que a palavra final será sempre das grandes empresas... como a Monsanto... por isso, também nada nos garante que as dúvidas sejam desfeitas!
      Esperamos que os estudos e experimentos continuem!
      Um abraço,

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...