terça-feira, 20 de maio de 2014

Lantana


Nome científico: Lantana camara
01-11-2011
Sinonímias: Lantana aculeata, Lantana armata
Nomes comuns: Lantana, Cambará
Família: Verbenaceae
Origem: América Central e América do Sul

10-06-2012
09-12-2013

A lantana é uma planta de crescimento rápido. É um arbusto muito ramificado, florífero e de folhagem persistente. As suas folhas são opostas com margens dentadas, pubescentes, ásperas, verdes escuras na face superior e mais claras na parte inferior e com um aroma forte quando esmagadas. As suas inflorescências são compostas por várias flores reunidas em capítulos axilares e podem ser de cor amarela, laranja, rosa, vermelha ou branca. Como as flores normalmente ao início são amarelas, passando a laranja e depois a vermelhas é comum observar, na mesma inflorescência, flores com colorações diferentes. O seu fruto é uma drupa globosa de cor púrpura quando madura.

13-05-2012
11-12-2012
14-08-2012
Cultivo: Esta planta deve ser plantada em pleno sol, apesar de se adaptar uma situação de meia sombra. Adapta-se bem a qualquer tipo de solo desde que seja bem drenado. Aprecia regas periódicas. É uma planta muito resistente, principalmente à seca e tolerante ao frio e às podas. No final do inverno deve-se podar os ramos para obter uma planta mais compacta. Multiplica-se por estacas e sementes.
14-08-2012
01-11-2011

Utilizações: A lantana é uma planta ornamental que pode ser usada em vasos, floreiras ou canteiros. 
Pode, ainda, ser usada para formar sebes.
A lantana atrai borboletas, abelhas e outros animais que podem ser úteis na horta e no jardim. Estes apreciam o seu néctar, acabando por auxiliar na polinização.

06-06-2012
Curiosidades: A lantana é uma planta considerada tóxica, principalmente as suas bagas, pelo que não deve ser ingerida por pessoas ou animais como ovelhas, cavalos, cães e cabras; O manuseio da planta sem luvas pode provocar reações alérgicas e irritações na pele; Em Portugal, está referenciada como uma planta potencialmente invasora, pois as suas sementes são dispersadas por aves, é resistente ao fogo e cresce rapidamente colonizando várias áreas. Pelo que quando plantada em jardins podemos enterrá-la no vaso para que a possamos controlar melhor; Consta que liberta substâncias químicas (alelopatia) que reduzem o crescimento de plantas ao redor; Há quem defenda que o aroma forte e característico das suas folhas quando esmagadas se assemelha ao cheiro da urina de gato. 

Nota: 1.ª atualização

1 comentário:

  1. Eu tinha uma grande pé desta planta , aqui e não sabia que era toxica , sempre que podava ela,
    saía com uma grande coceira , agora sei porque.
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...