quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Alface-de-cordeiro ou Canónigos

10-01-2013

Nome científico: Valerianella locusta
Sinonímia: Valerianella olitoria
Nomes comuns: alface-de-cordeiro, canónigos, alface-da-terra, alface-dos-campos, alface-de-coelho, valerianela, valeriana-hortense, saboia
Família: Valerianaceae
Origem: zona temperada da Europa, Ásia Menor, Cáucaso

A alface-de-cordeiro é uma planta herbácea, anual que pode atingir 30 cm de altura. Cresce em forma de pequena roseta e as suas folhas são oblongas com a forma semelhante à de uma colher, macias e ligeiramente suculentas. Floresce no início da primavera emitindo um cacho com pequenas flores azul-prateadas ou esbranquiçadas. O seu fruto é um aquénio ovado-arredondado que quando maduro deixa cair as sementes no chão perto da planta mãe.
Encontra-se em estado selvagem na Europa Ocidental. Em Portugal, há referências que se encontra nos terrenos cultivados (prados e pastagens com algum grau de humidade) de Trás-os-Montes, Beira Litoral e Madeira. Hoje em dia, existem algumas variedades selecionadas para cultivo, estas são maiores e o seu sabor é mais suave do que o da planta selvagem.

28-01-2014
28-01-2014
Cultivo: A alface-de-cordeiro é uma cultura de inverno e não apresenta exigências particulares para se desenvolver. Apesar de se adaptar a vários tipos de solos, aprecia solos leves, ricos, com alguma humidade e bem drenados. Este deve ainda ser um solo limpo, uma vez que as mondas são longas e fatigantes. Prefere uma posição ensolarada, é resistente ao frio, mas bastante sensível ao calor (tem tendência a florir/espigar rapidamente). A sementeira pode ser efetuada em local definitivo no final do verão, sendo uma boa opção semeá-la entre as culturas de fim de verão, pois a sombra fornecida pela cultura principal favorece a sua germinação. O solo não deve ser mobilizado antes da sementeira e deve conservar-se húmido durante a germinação e o início do desenvolvimento das plantas, para tal podemos utilizar uma ligeira cobertura. Como é uma planta pequena, também podemos cultivá-la entre os espaços de outras plantas de ciclo mais longo, como o alho-porro, o nabo ou a cenoura. Se deixarmos a planta florir, esta tem tendência a auto semear-se por todo o lado. Há autores que defendem que não se devem utilizar as sementes do ano.

17-04-2013
17-04-2013

Propriedades e utilizações: É uma excelente planta para substituir a alface no inverno. Apresenta uma grande concentração de sais minerais e é rica em vitaminas (C, E, B6, B9, por exemplo). É referida como sendo uma importante fonte de compostos antioxidantes como o ácido fólico e a luteína, e de ómega-3, relevantes para melhorar o sistema imunitário. Tem poucas calorias e é apresentada por alguns autores como diurética, depurativa e laxante.
As suas folhas podem ser consumidas cruas, geralmente como salada ou acompanhamento. No entanto, também se utilizam em omeletas, sopas e tartes. As suas flores também podem ser usadas para adornar as saladas.
17-04-2013


Curiosidades: Esta planta é considerada uma “erva-daninha” por invadir culturas de cereais; Consta que o seu nome comum em inglês, corn salad (salada de milho), é utilizado porque a planta aparecia muito nos campos de milho; É uma planta cultivada desde a época dos romanos e foi cultivada como alface de inverno até o seu uso diminuir durante os séculos XVIII e XIX, devido ao surgimento de variedades de alface adaptadas ao frio; Hoje em dia a V. locusta cultivada é mais conhecida pelo nome “canónigos” (do espanhol canónigos) e consta que essa designação se deve ao facto da planta ser encontrada em mosteiros ou residências de padres. 

9 comentários:

  1. Olá!
    Experimentei essa planta na França. Você sabe me dizer se há cultivo no Brasil ou alguma empresa que comercialize essa espécie?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Vanessa,
      Em Portugal sei que há algumas empresas que comercializam esta planta, mas no Brasil não sei mesmo!
      Um abraço

      Eliminar
  2. Olá!
    Pode-me indicar onde se pode comprar esta alface em Portugal?
    Obrigada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      As nossas primeiras sementes vieram de uma troca e, desde essa altura, nunca mais precisámos de procurar sementes de alface-cordeiro!
      Algumas nascem espontâneamente e outras vamos guardando (caso tenha interesse entre em contacto via email).
      Mas pode sempre procurar/perguntar em casas que vendem sementes, pois também devem ter! :)
      Um abraço

      Eliminar
    2. Actualmente já se vendem nos supermercados, sacos de saladas pré lavadas, Continente e Pingo Doce, pelo menos. São carotas. Mas excelentes. Acabei de plantar as minhas primeiras sementes agora. Infelizmente são dificeis de encontrar à venda, estas deu-me uma amiga

      Eliminar
    3. São excelentes os canónigos, não os de supermercado :P Infelizmente estragam-se muito rapidamente, depois do saco aberto é consumir em 2 dias. Já reparei que aguentam um pouco mais se forem guardados num tupperware ou taça de vidro tapada em vez do saco original, mas pouco mais

      Eliminar
  3. Olá!
    Obrigada pela pronta resposta.
    Já arranjei as sementes na Jardinland da Maia.
    Abraço

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...