quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Caldeiras e Cobertura

Adicionar legenda
06-03-2012
Adicionar legenda

A caldeira de uma planta é a área circular em torno do seu tronco/caule e que tem como objetivo proteger as suas raízes, concentrar a rega e a adubação. Varia de acordo com o tipo, tamanho e idade da planta.
A cobertura ou mulching é a forma que temos de imitar o ambiente natural das plantas. Por exemplo, nas florestas as folhas e restos vegetais ou animais caem no chão, sofrem a sua decomposição e transformam-se em húmus. O húmus serve para nutrir as plantas, cobrir e proteger o solo e as raízes. 
31-10-2012
08-09-2012
08-09-2012
Por cá, as nossas caldeiras são compostas por mulching e preferimos o orgânico, pois agrada-nos o facto da cobertura à medida que se decompõe, adicionar matéria orgânica ao solo. Esta cobertura do solo pode ser feita com ervas verdes ou secas, palhas ou feno, aparas de madeira, pequenos paus, casca ou agulhas de pinheiro (só nas plantas que preferem solos acidificados), cartão, cascas de nozes ou amêndoas, composto, estrume…
16-03-2012
Atualmente, a maior parte das nossas caldeiras têm mais um objetivo: a proteção contra os cães, uma vez que gostam de escavar perto das raízes, magoando-as.
06-03-2012
Os objetivos da cobertura do solo são os seguintes:
ECONOMIZAR ÁGUA devido ao aumento do poder de retenção dos solos, ou seja, uma caldeira com cobertura é capaz de absorver a água em períodos chuvosos, cedendo-a nos períodos de seca;

MELHORAR A NUTRIÇÃO DOS SOLOS, dado que uma boa cobertura “aquece” a terra e evita a sua erosão, limitando a agressividade das chuvas, do vento e do sol. 
Por exemplo, a colocação de mulching em canteiros e caldeiras de árvores novas durante o inverno ajuda-as a superar o frio. 
31-10-2012
Para além disso, liberta nutrientes que melhoram as propriedades físicas do solo. Nas caldeiras também adubamos as plantas com a cobertura vegetal viva, com o composto, com os adubos orgânicos comerciais, com os adubos líquidos orgânicos (macerações de urtigas (Urtica sp.), cavalinha (Equisetum arvense) ou consolda (Symphytum officinale) ou com as matérias orgânicas de origem vegetal. Neste último caso, que é o estrume, se este for fresco, não nos podemos esquecer que não deve ser incorporado no solo, mas espalhado na caldeira com uma espessura pequena e em quantidade reduzida.

28-09-2012
LIMITAR A INVASÃO DE ERVAS “DANINHAS” e/ou facilita o seu controlo, pois pelo menos nesta área não convém que haja concorrência/competição com as nossas plantas. Quando as infestantes começam a aparecer significa que é tempo de uma leve sacha e incorporação de mais cobertura, pois a anterior já foi transformada em húmus;
31-10-2012

FAVORECER A PRESENÇA DE MICROORGANISMOS úteis ao equilíbrio do solo, que melhoram o seu arejamento, a sua estrutura e, ao longo do tempo, a sua drenagem.
03-05-2012
Isto só é possível quando não há uma compactação do solo, quando a espessura da camada de mulching rondar os 3-5 cm (variando de acordo com o solo ou a estação do ano) e quando o círculo de cobertura se assemelhar a um "donut" e não um "vulcão" (não devemos empilhar o mulching contra o tronco/caule da planta). 
Se cumprirmos estes pequenos pormenores estamos, à partida, a possibilitar uma decomposição aeróbia, caso contrário pode ocorrer a asfixia das raízes quer por falta de arejamento quer por falta de drenagem e o aparecimento de doenças ou pragas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...