segunda-feira, 18 de junho de 2012

Visitantes: Perdiz

12-01-2012
Nome científico: Alectoris rufa
Nomes comuns:
Perdiz-comum, 
Perdiz-vermelha
Classe: Aves
Ordem: Galliformes
Família: Phasianidae

A perdiz é uma ave terrestre de aspeto galináceo. A sua plumagem é composta por tons de cinzento, preto, branco e ruivo. Possui garganta branca orlada de negro, ventre ruivo, bico e patas de cor vermelha. Os juvenis, chamados de perdigotos, são acastanhados.
12-01-2012
É uma espécie residente, que pode ser observada em Portugal durante todo o ano. Prefere zonas agrícolas de sequeiro, pastagens e matos dispersos, onde existam pontos de água durante o período mais quente do ano. 
A dimensão do seu território varia consoante a disponibilidade de alimento, água e abrigo.
A sua alimentação é, essencialmente, insetívora no primeiro mês de vida. Depois evolui, passando a englobar quase só produtos de origem vegetal, tais como: grãos (trigo, cevada, aveia), folhas, rebentos, bagas, flores e raízes de uma grande variedade de plantas.

13-06-2012
Curiosidades: É uma espécie monogâmica que constrói o seu ninho no chão, com o fundo simplesmente coberto de plantas secas, junto a tufos de ervas, debaixo de ramos secos ou mesmo junto a linhas de água ou caminhos;
Os perdigotos abandonam o ninho pouco tempo após o nascimento, permanecendo a ninhada junto da fêmea e acompanhando-a à procura de alimento. Nesta fase, as perdizes vivem em bandos constituídos pelo perdigão, perdiz e perdigotos;
A maior defesa da perdiz é confundir-se com o meio que a rodeia (camuflagem ou mimetismo). Geralmente, não usa o voo como meio de fuga, preferindo correr e esconder-se. O voo é utilizado como último recurso, quando acontece é curto, rasteiro e, normalmente, até uma zona com mato mais denso onde se possa esconder;
13-06-2012
As fêmeas, quando acompanhadas pelos perdigotos, têm uma atitude de defesa extraordinária, ou seja, de forma ruidosa chamam sobre si as atenções dos predadores que deixam os perdigotos fugir (e há quem acredite que os perdigotos quando ameaçados rapidamente se escondem, ficando com as pernas para cima para se confundirem com o meio ambiente). Passado o perigo a progenitora regressa e emite sons muito apelativos reunindo o bando;
Os seus principais predadores são a raposa, o ginete, o gato-bravo, algumas aves de rapina, o javali e os corvídeos, estes últimos predando principalmente os ninhos e perdigotos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...