sexta-feira, 1 de junho de 2012

Funcho

30-03-2012
Nome científico: Foeniculum vulgare
Sinonímias: Anethum foeniculum, Foeniculum officinale
Nomes comuns: Funcho, Erva-Doce, Fiolho
Família: Apiaceae (anterior Umbelliferae)
Origem: Mediterrâneo

O Funcho é uma planta herbácea vivaz de caules eretos múltiplos, finamente canelados, apresentando folhas muito recortadas. No cimo, aparecem as flores dispostas em umbela de pétalas amarelas. Toda a planta liberta um perfume aromático e tem um sabor característico que resulta da presença de anetol (mais concentrado nas sementes). O funcho é uma planta espontânea no nosso país, mas atualmente aparece como cultivado, tanto nos campos como nos jardins.

16-05-2012
Cultivo: Deve ser plantado num local soalheiro. Dá-se bem em qualquer solo, mas prefere os leves, profundos, bem drenados e quentes. Não tolera geadas. Multiplica-se através de sementes que germinam com muita facilidade. Não devemos cultivar o funcho perto do endro, para não fazer uma polinização cruzada e criar híbridos.

Usos e propriedades:
20-05-2012
O funcho apresenta uma textura crocante, sendo muito semelhante ao aipo. É uma planta que tanto pode ser consumida crua como cozinhada e todas as partes da planta são comestíveis. 
Utiliza-se na cozinha como condimento, em saladas ou molhos, sopas frias, ensopados ou peixe grelhado. Em relação às folhas, só as mais jovens são indicadas para serem utilizadas e devem ser consumidas logo após serem apanhadas. As sua flores podem ser combinadas com pratos de peixes, carne e vegetais. Ornamentam as saladas ou sobremesas. Podem ser maceradas em azeite para posterior uso em churrascos. As suas sementes possuem um sabor mais forte, por isso devemos guardá-las e triturá-las conforme forem necessárias. Estas são muito usadas para aromatização de bolos, pão, licores ou rebuçados.
Possui propriedades medicinais, funcionando como anti-inflamatório, antirreumático, antibiótico e expetorante. O chá de funcho ajuda nos problemas digestivos (por exemplo: auxilia a digestão, alivia os enjoos, reduz a flatulência, previne a azia).
O funcho é, ainda, usado industrialmente na cosmética/ perfumaria, uma vez que os seus óleos essenciais são utilizados para pastas dentífricas, champôs e sabonetes.

Curiosidades: Segundo alguns antigos cronistas, a designação de Funchal deve-se aos primeiros povoadores que, ao desembarcar na Madeira, depararam com a grande abundância de funcho, uma erva bravia com cheiro adocicado; 
01-06-2012
Dado o seu cheiro a anis, o funcho é, por vezes, confundido com a planta Pimpinella anisum (o anis); Os gladiadores romanos ferozes e rudes misturavam o funcho na sua comida diária e aqueles que eram vencedores levavam uma coroa de funcho; Os indianos mascam o funcho após as refeições como refrescante do hálito e auxiliar da digestão; É uma excelente planta melífera; Há quem defenda que o funcho, na horta, é uma planta nefasta para couves, feijões e tomates.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...