terça-feira, 15 de maio de 2012

Rosinha de Sol

30-03-2012
Nome Científico: Aptenia cordifolia
Sinonímia: Mesembryanthemum cordifolium
Nomes comuns: Rosinha-de-sol, Apténia
Família: Aizoaceae
Origem: África

A Rosinha-de-sol é uma planta com um ciclo de vida perene. É uma suculenta rasteira e muito vistosa. As suas folhas são ovais (em forma de coração) e brilhantes. As suas flores podem ir do roxo ao vermelho e têm pétalas muito finas e numerosas.
13-05-2012

Cultivo: Deve ser cultivada em pleno sol, apesar de tolerar a meia-sombra. O solo deve ser fértil, arenoso e com boa drenagem. Uma vez estabelecida, não precisa de muita água, já que consegue conservar alguma água nas suas folhas. É tolerante ao frio, mas não sobrevive ao gelo. Multiplica-se por sementes, divisão da ramagem enraizada, estacas e mergulhia.

30-03-2012
Curiosidades: A espécie é denominada cordifolia, devido às suas folhas se assemelharem à forma de um coração; É uma planta recomendada para jardins de pedras e tem a capacidade de fechar bem o solo, impedindo o crescimento de ervas daninhas; Pode tornar-se invasora, pois se for abandonada consegue continuar o seu crescimento, podendo invadir a flora local; As suas flores brilhantes atraem borboletas, abelhas e outros insetos;  Há referência ao seu uso medicinal; Parece que as suas folhas são comestíveis, lembrando o sabor do espinafre (é da família do Espinafre da Nova Zelândia).
13-05-2012

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...