sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Violeta de Cheiro

08-02-2012
Nome científico: Viola odorata alba
Nomes comuns: Violeta-de-cheiro, Violeta-perfumada
Família: Violaceae
Origem: Europa

A violeta-de-cheiro é uma planta herbácea e vivaz. Possui caules longos e rastejantes, folhas arredondadas e em forma de coração de um verde muito brilhante, flores roxas ou brancas com cinco pétalas e muito perfumadas.  
As suas flores e folhas são comestíveis, possuem propriedades medicinais e aromáticas. As suas raízes e sementes são consideradas tóxicas, pois ingeridas em grandes quantidades provocam vómitos e mal-estar.
08-02-2012
As violetas-de-cheiro são uma ótima opção para a cobertura ou revestimento do solo, para canteiros, bordaduras, vasos ou para jardins selvagens, rochosos e sombrios.

Cultivo: A violeta-de-cheiro adapta-se a todos os tipos de solo, desde que não sejam demasiado ácidos. Deve ser plantada a meia-sombra, uma vez que no seu habitat normal cresce espontânea em sítios húmidos e sombrios, sebes e moitas. Multiplica-se por semente e por divisão da planta na primavera ou outono (as plantas devem ser divididas de cinco em cinco anos, quando ainda não tiverem florido).

Curiosidades: A violeta-de-cheiro apresenta inúmeras propriedades medicinais; 
08-02-2012
Tem propriedades aromáticas, sendo usada no fabrico de colónias, perfumes, desodorizantes, sabonetes; Na culinária as suas flores são maceradas em vinho tinto ou cristalizadas, servidas cruas em saladas, doces e geleias; As suas folhas, frescas e levemente esmagadas podem ser utilizadas em banhos de imersão, amaciando a pele e imanando um aroma agradável; Ao contrário do que se pensa, as suas folhas exalam um perfume bem mais forte do que as flores; As violetas brancas possuem um aroma considerado afrodisíaco e acredita-se que são portadoras de boa sorte.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...