segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Visitantes: Lagarta da Couve

01-12-2011
Nome Científico: Pieris brassicae L.
Nome comum: Lagarta/ Borboleta da couve
Ordem: Lepidoptera
Família:  Pieridae

A Borboleta da Couve é um inseto bastante comum na Europa, Ásia e Norte de África, que faz, habitualmente, a postura dos ovos em plantas do género Brassica  (couves) para que estas sirvam de alimento às suas larvas e lagartas. Desta preferência por plantas do género das couves derivam quer o nome comum, quer o científico.
As lagartas passam o inverno em forma de crisálida e os adultos, aparecem cedo, no início da primavera. A primeira postura, do início da primavera, geralmente é muito menos nociva do que a que acontece em julho/agosto, altura em que rapidamente esta espécie devora todas as folhas, deixando apenas os talos mais duros.

Curiosidades: Existe outra espécie de Lagarta da Couve, a Pieris rapae. As principais diferenças entre as duas são o tamanho (a Pieris rapae é mais pequena do que a Pieris brassicae), o número de manchas nas asas e, enquanto, a Pieris brassicae deposita os ovos, amarelos, estriados no sentido do comprimento, em grupos de 25 a 50, a Pieris rapae deposita-os isoladamente.

Para as hortas as Lagartas da Couve são pragas.
Algumas medidas a nível preventivo e curativo:
- Polvilhar com pó de rocha ou pó de argila;
- Pulverizar com água de rebentos e folhas jovens de tomate;
- Plantar pela horta plantas repelentes da borboleta da couve, como hortelã, alecrim, salva, tomilho, arruda;
·  Realizar um controlo manual, retirando e esmagando as lagartas que se encontrarem;
·  Pulverizar com infusão de absinto (Artemisia absinthium) (100g / l pulverizar pura, à tarde);
·  Usar uma aplicação de Bacillus thuringiensis, uma bactéria que é indicada para o controlo de lagartas em estado juvenil e deve ser aplicado, preferencialmente, sobre as plantas secas;
·  Utilizar Piretrina (composto natural que tem propriedades inseticidas e que se encontra no extrato de piretro de certas flores de crisântemos); 

·  Utilizar um inseticida de piretro (Tanacetum cinerariifolium) e arruda (Ruta graveolens) (extratos fermentados, preparados separadamente, diluídos a 10%);
·  Utilizar uma mistura de alhos e malaguetas partidos, sabão azul e branco e algumas colheres de sopa de óleo vegetal (num recipiente com tampa, colocar água e deixar repousar por alguns dias. Utilizar diluído de acordo com a concentração que se pretender e salpicar as plantas afetadas. Repetir a aplicação semanalmente até as plantas estarem livres da infestação);
·  Utilizar um preparado de cebola - Allium cepa (cortar 1kg de cebolas e misturar em água, deixando o preparo a macerar durante 10 dias. Após este período, utilizar 1litro da mistura para 3litros de água e pulverizar as plantas);
·  Usar Farinha de Trigo (misturar 20gramas de farinha de trigo com 1litro de água e pulverizar as plantas num dia quente, seco e com sol);

3 comentários:

  1. Olá! Existem uns bichinhos -vermelhos e pretos- que me estão a atacar a couve galega! Andam muitas vezes em pares, acho que já li qualquer coisa sobre escaravelho da couve. Pelo que vejo, penso que sugam a seiva, pois as folhas começam a ficar com manchas castanhas e de seguida ficam amarelas.

    Estou a pensar usar óleo de Neem (penso que seja diluído em água), mas gostaria de saber a sua opinião relativamente à percentagem de diluição? Também, algumas plantas repelentes ou companheiras que posa plantar com as couves quando fizer a horta nova?

    Tudo de bom, gosto muito do seu blog.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Susana,

      Pela descrição parecem-nos ser os chamados "percevejos da couve".
      Nós todos os anos temos a sua visita no verão.
      Até agora, só conhecemos uma técnica eficaz: apanhar manualmente todos quanto pudermos! Assim, evitamos que se reproduzam e se tornem numa verdadeira "praga"!
      Já experimentámos várias "receitas ecológicas", mas só os deixam "atordoados" e não os eliminam.
      Esperamos ter ajudado.
      Um abraço

      Eliminar
    2. Muito obrigada pela resposta, claro que ajudaram.
      Realmente eu também os "cato" mas parece que sempre que apanhamos um logo aparecem dois!
      Cumprimentos.

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...