segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Alfazema ou Rosmaninho

12-03-2014
Nome Científico: Lavandula
Família: Lamiaceae
Nome comum: Alfazema, Rosmaninho ou Lavanda (em português do Brasil)
Muitas pessoas confundem o Alecrim (Rosmarinus officinalis) com o Rosmaninho (Lavandula sp.), graças à relação fonética próxima com o nome do género que identifica a primeira planta.
Todos os rosmaninhos pertencem ao género Lavandula.        
Em Portugal, surgem cinco espécies de Lavandula: L. pedunculata (dividindo-se nas subespécies pedunculata, sampaiana e lusitanica), L. luisieri, L. viridis, além da L. latifolia e L. multifida, duas espécies menos abundantes e distintas das primeiras. Todos são pequenos arbustos lenhosos, facilmente identificáveis pelo aroma e pelas espigas violetas que coroam a pequena copa. 

Cultivo: Muito fácil de cultivar, a alfazema gosta de exposição direta ao sol e requer solo pouco fértil, quase dispensando qualquer fertilização adicional. Desenvolve-se em solos secos sem necessidade de rega especial. Não é atacada por pestes ou pragas e o único cuidado que requer verdadeiramente é a poda sobre os ramos que nasceram no ano anterior, para encorajar novos rebentos e estimular floração mais abundante. Para melhores resultados, é aconselhável uma segunda poda a meio ou no fim do verão com o objetivo de retirar as flores velhas e os respetivos caules secos. Resiste extraordinariamente ao frio, podendo durar anos a fio no mesmo local sem problemas. Propaga-se por estacas semi-lenhosas no outono ou na primavera.

Utilizações: A alfazema é de extrema utilidade, plantada com outras aromáticas, hortícolas e árvores de frutos; Para além de fazer bonitas sebes, é um repelente natural de várias pestes, nomeadamente pulgões, carraças, escaravelhos, moscas e outros insetos; É ainda um repelente eficaz dos ratos e das traças, quando colocada em saquinhos nas gavetas, roupeiros e debaixo dos tapetes; É uma planta melífera muito apreciada pelas abelhas, sendo muito famoso o mel de rosmaninho; As suas flores são comestíveis e têm um leve gosto cítrico. Podem ser usadas de várias maneiras, quer em pratos doces quer em pratos salgados. Utilizam-se, frequentemente, em chás, geleias, bolos, biscoitos, cheesecakes, gelados, tortas e como aromatizante de vinagres e vinhos.

Curiosidades: O perfume fresco e limpo da alfazema era o aditivo de banho preferido dos gregos e romanos, e o seu nome (Lavandula) deriva do latim lavare (lavar); Durante as duas Grandes Guerras, a alfazema foi utilizada para limpar os ferimentos dos soldados.

2 comentários:

  1. Rosmaninho e alfazema são plantas diferentes. As abelhas preferem o rosmaninho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que o nosso rosmaninho não pode ser uma alfazema especial? "Existem cerca de quinze espécies de alfazema, onde se inclui o nosso rosmaninho (Lavandula stoechas)".

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...