quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Esponja Vegetal

05-09-2013

Nome científico: Luffa cylindrica
Sinonímia: Luffa aegyptica, Cucurbita luffa, Luffa pentandra
Nomes comuns:  Esponja-vegetal, Lufa, Bucha, Planta-das-esponjas, Planta-dos-esfregões
Família: Cucurbitaceae
Origem: Ásia

A esponja-vegetal é uma planta trepadeira e apresenta um ciclo de vida anual. No seu caule encontramos as gavinhas que servem para a planta se agarrar enquanto cresce e trepa. As suas folhas são grandes, lobadas e dentadas, têm pelos finos e manchas prateadas. 
É uma planta monoica, pois numa só planta podemos observar flores masculinas e femininas. Ambas são amarelas e as flores femininas destacam-se por serem solitárias e possuírem um delicado ovário alongado (como um pequeno fruto), já as flores masculinas caracterizam-se por serem maiores, mais numerosas e surgirem em grupos. 
Os seus frutos são grandes, cilíndricos e alongados. Estes são verdes quando jovens e castanhos quando se encontram maduros e, neste último estádio, apresentam uma rede densa de fibras.
12-07-2013
19-08-2013
19-07-2013

Utilizações e Propriedades: Os frutos maduros (ou secos) fornecem-nos uma esponja fibrosa com propriedades esfoliantes e tranquilizantes que pode ser usada na higiene pessoal ou nas limpezas domésticas. Para termos acesso a essa esponja basta descascar o fruto. Podemos, depois, deixá-lo de molho algumas horas, lavá-lo e secá-lo à sombra.
Os frutos jovens e tenros (menores que 6 centímetros) são comestíveis, podendo ser preparados como os quiabos ou pepinos. Porém, apesar das suas propriedades purgativas e vermífugas, não se devem ingerir em grandes quantidades, pois tendem a tornar-se tóxicos. Aparentemente, as suas flores também são comestíveis, tal como as flores das abóboras.
Em alguns países, a esponja-vegetal é usada ​​como filtro e a partir das suas sementes prensadas extrai-se um óleo comestível.
22-08-2013
04-11-2013
05-09-2013

Cultivo: Sendo uma planta da família das abóboras (cucurbitáceas) faz parte das culturas de verão. Necessita de ser cultivada sob sol pleno e em solo fértil enriquecido com matéria orgânica, drenável e irrigado regularmente. Como é uma trepadeira devemos-lhe fornecer um suporte para que se possa apoiar e trepar. Não tolera as geadas. Multiplica-se facilmente por sementes postas a germinar na primavera. 
03-12-2013
22-08-2013
Nota: Como estávamos com dificuldades em conseguir as nossas próprias esponjas-vegetais aqui ficam as dicas partilhadas pelo Espaço do João: “Realmente não são plantas de fácil reprodução, gostam de terreno fértil, não gostam de passar geadas e sua sementeira faz-se nos meses de março e abril. Como plantas tropicais que são gostam de lugares soalheiros, mas também dum pouco de sombra. Trepam e deixemo-las seguir o seu caminho…”

Curiosidades: A espécie Luffa acutangula distingue-se pelas flores brancas e pelos frutos sulcados com dez ângulos; Algumas pessoas afirmam que, para descascar facilmente a pele, podemos embeber as esponjas-vegetais secas em água por alguns dias; A sua polinização é feita por abelhas, mas podemos ajudar (com um pincel, por exemplo).
03-12-2013
03-12-2013

6 comentários:

  1. Eu não sabia que os frutos novos eram comestíveis,
    aprendi mais uma coisa.
    tenha uma boa noite.
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Simone,
      No Sudoeste asiático esta planta é muito cultivada e os seus frutos entram, tradicionalmente, em diversos pratos culinários.
      Desde que sejam frutos novos e consumidos moderadamente podem ser consumidos.
      Um abraço

      Eliminar
  2. Boa tarde. Será que me podem indicar onde adquirir sementes desta planta?
    Deixo o meu email: luis.catarrinho@gmail.com
    Obrigado

    ResponderEliminar
  3. Boa noite.
    Também gostava de adquirir algumas sementes. Existe alguma loja q as venda?

    Cumpts

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro anónimo,
      É possível que haja sementes de esponja vegetal à venda! As que semeamos (só 5 sementes) foram-nos oferecidas por uma pessoa amiga. A produção não foi muito grande e depois de partilhar algumas das sementes com amigos ficámos só com o essencial para o próximo ano. Caso não conseguia encontrar sementes no mercado, poderemos partilhar consigo algumas, mas só no final do próximo verão!

      Um abraço

      Eliminar
  4. eu tenho todos os anos esponjas destas , e cultivo para MIM , para o uso da família . mas se for preciso , consigo arranjar algumas sementes , dependendo do quantidade . não faço a mínima ideia de valores das mesmas . sei que este post já tem uns anos , mas se alguem ainda procurar , eu tenho .
    obrigado.
    mail: telemoveis2001@yahoo.com.br

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...