quarta-feira, 19 de junho de 2013

Cebolinho

19-05-2013

Nome científico: Allium schoenoprasum
Nomes comuns: cebolinho, cebolinha-miúda, cebolinha-galega, cebolinha-francesa
Família: Alliaceae
Origem: Europa e Ásia

O cebolinho é uma planta vivaz e bolbosa que cresce em tufos muito densos. Os seus bolbos são muito pequenos e as suas folhas são muito finas, verde-escuras, numerosas e ocas como as das cebolas. As suas flores são púrpuras, semelhantes a pompons e surgem no topo de um caule do mesmo cumprimento que as folhas.
O cebolinho é uma planta aromática, medicinal e condimentar.

Cultivo: Deve ser cultivado em solo fresco e bastante fértil. Aprecia um local soalheiro e requer regas moderadas. As suas flores devem ser retiradas para que as novas folhas possam rebentar. Assim como se devem cortar as folhas a 3-4 cm do solo para fortalecer a planta. Multiplica-se por sementes (que devem ser semeadas em solo rico em matéria orgânica e ao sol) ou por divisão dos tufos. Há quem defenda que de 4 em 4 anos se devem substituir as plantas para que estas mantenham o seu vigor.

Utilizações e propriedades: As folhas frescas são ricas em vitaminas A e C e têm propriedades aperitivas e estimulantes.
Na culinária, utilizam-se as folhas frescas como condimento e tempero, pois têm um suave sabor a cebola. 
19-06-2013
29-05-2013
Usam-se em saladas, pratos de batatas, leguminosas, sopas, carnes, assados, peixes, molhos verdes, em pastas de queijo fresco e omeletas (e noutros pratos de ovos e/ou queijo). As suas flores também são comestíveis e podem ser usadas da mesma forma. Têm um sabor suave a cebola, são muito crocantes e adicionam aos pratos um leve sabor picante e um toque colorido.
Em pratos cozinhados, este excelente aromatizante só deve ser adicionado mesmo no último momento para que o seu delicado sabor não se perca. De preferência deve-se colher pouco antes de utilizar, mas quem não tem essa possibilidade pode sempre optar por congelá-lo ou secá-lo para uso posterior. Neste último caso, o cebolinho perde muito sabor, pelo que uma boa alternativa pode ser conservá-lo em azeite.

19-05-2013
Na horta e jardim, o cebolinho é descrito como uma planta com propriedades repelentes e fungicidas, quer a própria planta quer a infusão das suas folhas. É capaz de afastar e/ou controlar as pragas (como o pulgão verde) e combate doenças fúngicas, como o míldio. O cebolinho plantado junto das macieiras protege-as do pedrado e junto das groselhas protege-as contra o míldio. 
É bom companheiro das cenouras, melhorando o seu crescimento e sabor, proporcionando, também, bons resultados na cultura de tomateiros, roseiras, alfaces e aipo.
As suas flores são bastante vistosas e muito apreciada pelas abelhas. Depois de secas podem ser usadas na composição de buquês.

Curiosidades: O cebolinho é uma das "Fines Herbes" da cozinha francesa, juntamente com o estragão, cerefólio e/ou salsa; Acredita-se que a planta foi introduzida na América através de Cristóvão Colombo.

4 comentários:

  1. Viva Faroleco.
    O seu cebolinho está ótimo, cá em casa consumimos muito, já tenho o mesmo vaso de cebolinho há 7 anos, sempre a dar. Erva boa.
    Abraço
    João Gomes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva João,
      Por aqui também só tínhamos um exemplar, mas como, para além de ser saboroso na cozinha, descobrimos que é ótimo na horta este ano resolvermos semear/plantar mais!
      Um abraço

      Eliminar
  2. Saudade do feijãozinho que minha mãe faz com cebolinho.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...