quarta-feira, 13 de março de 2013

Mióporo

16-11-2012
Nome científico: Myoporum laetum 
Sinonímias: Myoporum tenuifolium, Myoporum acuminatum
Nomes comuns: Mióporo, sempre-verde, mióporo-acuminado
Família: Scrophulariaceae (anteriormente pertencia à Myoporaceae)
Origem: Austrália e Nova Zelândia

O mióporo é um arbusto que pode atingir cerca de 10 metros de altura, tornando-se numa pequena árvore de copa arredondada e espessa. A sua folhagem é persistente e possui um ciclo de vida perene. As suas folhas apresentam uma forma elíptica a oblonga, são verdes, brilhantes e glabras. As suas flores são brancas, salpicadas de púrpura e, normalmente, solitárias. Estas dão origem a um fruto que é uma drupa carnuda, globular e de cor purpúrea. 
É uma planta utilizada como ornamental, podendo ser cultivada em isolada ou em sebes. O mióporo possui um crescimento rápido e, por vezes, podemos encontrá-lo naturalizado nas bordas de caminhos e de campos de cultivo.

13-01-2013
13-03-2013

Cultivo: É uma planta de fácil cultivo, não requerendo cuidados especiais. Tolera a salinidade e os ventos fortes, aguenta bem as podas e é resistente à seca. Multiplica-se por semente e estacas.

Curiosidades: O nome Myoporum é uma palavra composta de origem grega, derivando de meu (fechar) e poros (buraco), referindo-se às glândulas existentes nas suas folhas; Laetum é uma palavra que deriva do latim e que significa alegre e luminoso; As suas folhas possuem pequenas glândulas translúcidas visíveis a contra luz. Estas libertam uma substancia tóxica para o fígado, sendo prejudicial para os animais; A decocção ou esmagamento das folhas é utilizado como um repelente de insetos, especialmente contra mosquitos.

13-01-2013
02-08-2013
30-01-2013

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...