sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Visitantes: Lesmas

17-05-2013
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Anseriformes
Família: Anatidae
Nome científico: Cairina moschata momelanotus
Sinonímia: Cairina moschata domestica, Cairina momelanotus, Anas momelanotus
Nome comum: pato-mudo

O pato-mudo é uma ave originária da América Central e do Sul, onde foi domesticada pelas culturas indígenas. A espécie selvagem é denominada de Cairina moschata sylvestris e a doméstica de Cairina moschata momelanotus.
É um pato que se distingue da maioria das aves aquáticas domésticas em vários aspetos. 
17-05-2013
Talvez as características mais marcantes sejam as seguintes: possuirem carúnculas ("verrugas vermelhas") na cabeça e em redor dos olhos (o macho mais que a fêmea); não emitirem sons altos, sendo que o macho emite um som que se assemelha ao de um assopro, enquanto a fêmea emite um som semelhante a algo como [fi'fi]; serem melhores voadores do que nadadores e, à noite, tenderem a voar para as árvores (caso existam por perto) e empoleiram-se nelas.
O seu bico é fino e comprido. Conseguem levantar/aumentar as penas no topo da cabeça, formando uma “crista" quando se sentem ameaçados.
Estes patos são robustos e resistentes, pois apesar de serem aves tropicais, adaptaram-se facilmente a condições frias.
Alimentam-se de vegetais (gostam de pastagens), cereais, anfíbios, répteis, crustáceos, insetos e diplópodes. Devem ter sempre água disponível.
A pata-muda faz posturas, em média, de 12-14 ovos. Quando entra no choco, o macho permanece por perto como que a protegê-la. 
27-02-2012
05-12-2012
Deixa o ninho unicamente uma vez por dia (uns 20 minutos) para defecar, beber água, comer e, às vezes, tomar banho. Passadas 5 semanas (mais ou menos 35 dias) os ovos começam a eclodir, podendo levar até 24 horas para que todos os patinhos nasçam. São mães excelentes e conscientes, passando o tempo a “contar” e juntar os filhotes. Estes costumam ficar com sua mãe por cerca de 10-12 semanas, pois esta dá-lhes “aquecimento” durante a noite e ensina-os a procurar comida durante o dia.
30-12-2012
12-03-2013
Os patos são criados para aproveitamento da carne e ovos. São excelentes ajudantes no controlo das populações de insetos, pois comem qualquer um que encontrem no chão, debaixo de pedras ou no ar. Apanham mosquitos, baratas, moscas, aranhas, formigas e até comem vermes e larvas de mosquitos na água. Têm um apetite voraz por lesmas e caracóis como podemos ver aqui (Só é pena não poderem andar à solta pela horta, mas se esta estiver vedada podem andar por perto!). 
11-05-2013
04-02-2013

Ajudam no controlo das “ervas daninhas” e comem toda a comida em excesso, evitando assim o aparecimento dos roedores (principalmente ratos).

Curiosidades: Os patos-mudos geralmente vivem 7-8 anos, no entanto consta que podem viver até 20 anos se tiverem acesso a uma boa alimentação; Os machos (principalmente os dominantes) podem ser muito agressivos para com outras aves ou outros machos da sua espécie; Para comunicarem uns com os outros vão abanando o rabo, enquanto levantam e baixam a cabeça; É bastante interessante o uso de patos em orizicultura, nomeadamente no Sudeste Asiático. A criação de patos combinada com a cultura do arroz é uma forma de combater pragas, já que estas aves se alimentam dos caracóis, insetos, larvas e ervas daninhas dentro do arrozal. 
01-04-2013


2 comentários:

  1. Oi... Adoro passear pelo seu cantinho, ver as maravilhas, as dicas, as informações importantes. Tudo feito com muita dedicação e amor. Parabens sempre! Bjs
    Ritinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ritinha,
      As sua suas palavras são muito amáveis!
      É bom saber que todo o nosso carinho, dedicação e respeito pela Natureza é percebido por quem nos acompanha.

      Um abraço

      Eliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...