terça-feira, 22 de outubro de 2013

Flor da Paixão

30-05-2013

Nome científico: Passiflora caerulea
Nomes comuns: flor-da-paixão, martírios, maracujá-azul, passiflora
Família: Passifloraceae
Origem: América do Sul


A flor-da-paixão é uma trepadeira lenhosa com um ciclo de vida perene. Se encontrar as condições necessárias, ou seja, um apoio/tutor é capaz de subir a 15-20 metros de altura. As suas folhas apresentam uma coloração verde-escura, são simples, alternadas e profundamente lobadas. Nas axilas encontramos as estípulas e gavinhas (órgãos que ajudam a planta a fixar-se enquanto trepa). As suas flores são brancas e azuis-violeta e são muito apelativas. Estas dão lugar a frutos amarelo-alaranjados, ovais, carnudos, de polpa avermelhada e repleta de sementes.

Cultivo: É uma planta robusta que se adapta a quase todo o tipo de solo, desde que bem drenados. Deve ser plantada em pleno sol, mas suporta zonas parcialmente à sombra. Necessita de uma rega moderada durante os meses mais quentes de verão. Durante o inverno, pode perder as suas folhas devido aos ventos fortes e às geadas, mas se estiver estabelecida rebentará na primavera seguinte. Se for plantada ao abrigo de ventos frios e geadas suportará plenamente o inverno. Pode ser podada no final do inverno. Multiplica-se a por semente ou divisão da planta.
15-10-2013
16-10-2013

Utilizações: A flor-da-paixão é muito usada nos jardins como trepadeira ornamental, pois é capaz, por exemplo, de cobrir muros e sebes;
As suas flores são comestíveis e podem ser usadas em forma de um xarope; 
Os seus frutos, apesar de comestíveis, não são muito apreciados, pois são insípidos e sem qualquer aroma. Contudo quando verdes, podem ser cozidos e consumidos como hortaliça. Quando maduros podem ser consumidos crus, transformados numa bebida refrescante ou em cremes e mousses;
É uma forma de atraímos animais auxiliares, pois tanto mamíferos como aves consomem avidamente os frutos maduros desta planta, favorecendo a dispersão das suas sementes;
16-10-2013
30-05-2013
Esta planta, como é das mais resistentes do seu género, pode ser usada como porta-enxerto para alguns membros menos resistentes ao inverno, como o maracujá, Passiflora edulis.

Curiosidades: São conhecidas cerca de 600 espécies diferentes de maracujá; O nome flor-da-paixão deve-se à associação da cor e da forma da flor à paixão de Cristo; Por vezes, é chamado também de maracujá-azul devido à cor terminal dos seus estames; Há algumas indicações que esta planta só frutifica se tiver por perto outras espécies do mesmo género.
29-05-2013

30-05-2013

1 comentário:

  1. A este de cima da flor é muito parecida com os
    orgãos reprodutores da mulher, achei parecido.

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...